A Creche.

Pois é, ta chegando o grande dia!

O que  há um ano era especulação, hipótese, planos para o futuro, agora é realidade.

Depois de um ano de espera na fila, meu bebê vai pra creche e leva meu coração junto…

Recebemos a noticia que ela estava na lista de classificados em novembro, e gente, aquilo pareceu lista de classificação de aluno pro vestibular de medicina na USP, sério!

Tamanha ansiedade que estava. Bom, não era só ansiedade por motivo de:casa silenciosa pra que te quero, mas sim pela Maria Clara, pelo amor que eu e o pai dela sentimor por essa pequena é que estamos felizes com essa “conquista”. Ela precisa socializa, PRE-CI-SA, ela exige atenção o tempo todo, a gente percebe que ela tem muita energia pra gastar e isso não está sendo suficientemente preenchido por nós (eu e marido), ela precisa e outras crianças, brincar, desenvolver, aprender a se virar…Ela não convive com criança da idade dela aqui em Campinas e eu sei que isso ta pesando muito, então por esses e outros motivos decidimos que chegou a hora!

Chegou a hora de cortar o cordão umbilical mais uma vez, chegou a hora de desgrudar, do segundo desmame etc. sim, eu sei q vai ser mais difícil para mim, ela vai sofrer um pouco, uma semana ou duas, mas logo passa ela vai ver e sentir que aquele lugar agora também pertence a ela, os amiguinhos que vai fazer e a relação d confiança com a “pro”, tudo isso deixa ela mais segura e tranquila, mas e a mamãe aqui? É sempre mais difícil para as mães/pais largar a cria, deixar voar, soltar pro mundo…

Mas esse é o fluxo da vida, da nossa vida e da vida individual da Maria Clara.

Uma cidadã que tem RG e vai pra creche, meu bebê não é mais um bebê , só falta o passaporte rsrs.

Estou com o coração na mao : fato. Mas ao mesmo tempo feliz, aliviada por saber que esse ano sera um novo ano cheio de novidade e coisa boa. Mal posso esperar para ver as atividades que ela vai fazer, o desenvolvimento decolando já que agora ela vai ter q ser muito mais independente do que já é, as historias, briguinhas e amigos que ela vai fazer.

Há em mim uma pontinha de alivio também, aquela coisa de “ate que enfim vou poder descansar de criança um pouco” – hahaha vai nessa – capaz de ficar sentada na frente da escola esperando o horário de saída enquanto ela brinca e não quer saber da mamãe aqui.

Tomara! Tomara que ela se solte, que ela aproveite e que eu saiba conduzir isso da melhor maneira possível.

O coração aperta, as borboletas no estomago estão a mil e eu sinto aquele famoso “gelo” na barriga, alias, do pé ate a espinha! Mas é assim mesmo, é um caminho novo e tudo que é novo assusta, mas pra crescer precisamos disso, então… vamos nessa!

Agora a data é certa, vamos conhecer a professora e a sala dela dia 04 de fevereiro e o papai vai junto – ebaaa- dia 5 começa o ano letivo e a adaptação dela, ai vai ser eu , MC e a profe.

Pretendo seguir o tempo dela, estarei disponível por quanto tempo ela precisar na adaptação, quero que seja da melhor forma possível e será! ♥

Semana que vem eu conto como foi a reunião e o primeiro dia com a mochila da “pecesa” que ela mesma escolheu  ^^

Beijos

DSC03547

Anúncios