Cinismo, a gente herda aqui!

Eu não tenho como negar que há em mim uma ironia, sarcasmo e ate um pouco de cinismo. Sempre brincamos dizendo que isso era genético, e não é que a profecia pode estar sendo confirmada?

Já notei na Lála algumas muitas atitudes MUITO cínicas, do tipo:

 

Cena 1:

Maria Clara no trocador com um copinho de água na mão. Balança o copo pra cá, balança pra lá e joga no chão. SIM joga, por que aquilo não foi sem querer, mesmo porque ela deu uma risadinha esperando que eu dissesse alguma coisa. Frustrada por eu não ter ligado ela solta:

– ó la, kiiu (caiu) aaa (ficando triste, muito triste – só que não ).

 

Cena 2:

Brincando num dia de muito calor em uma bacia com água que tinha deixado no quarto dela para afastar pernilongos.

Ela estava fazendo graça com a galinha pintadinha, simulando que ia jogar a bendita na água e esperando que eu chamasse atenção.

– Maria Clara, deixa a galinha pra cá ela já tomou o banho dela. Se molhar estraga.

Maria joga a galinha na água e diz:

– Mamãe, kiiu, ó lá, aaaa.

 

Cena 3:

Almoçando juntas e comendo nuggets (não me apedrejem, nós comemos comidas saudáveis também).

Maria Clara:

– Hum, cainha (carninha) ícia (delicia).

– Gostoso, né paixão? Huum.

Lála joga a carne mastigada no chão e me olha com a cara mais Blasé que existe e… adivinhem só:

– óó kiiu, aaa

 

Sério.

Isso quando ela não me aparece em casa com uma formiga na mão e diz:

– ixo( lixo) , cacá! Óó eu (morreu). -Quem será que esmagou a coitada, né?-

 

 

De duas uma ou ela tem tendências psicóticas, piscopatas e afins ou ela é muito blasé e cínica! Hahaha

Confesso que tenho que me segurar pra não rir às vezes porque alem de tudo ela faz uma cara de que “não é comigo” quase uma sonsa ou uma atriz (acho que vou investir nisso!)

E por ai? O que as delicinhas de vocês ‘herdaram’?

 

Ah! e não se esqueçam do sorteio que ta rolando aqui no blog!

Clica aqui para se inscrever.

Anúncios

O feriado e os machucados.

 

 

Mara Clara não está tendo um bom final de semana prolongado. 😦

Bom, vamos aos planos e aos fatos. Primeiro que eu estava pensando em levar a delicinha pra nadar -quase uma aula de natação- aí a vovó ia vir nos visitar (EBA!), planejei também fazer uns chup-chup’s, sorvete caseiro e passear bastante no feriadão com o papai. Só que não rolou quase nada.

A vovó veio nos visitar na quarta feira, fomos buscá-la e depois viemos pra casa pra tomar o chup-chup de suco de morango natural que eu tinha feito mais cedo.

No final da tarde fomos levar a vovó pra casa da Bisa e o primo dela tava lá, foram brincar e a MC caiu e ralou o cotovelo e o joelho. Chorou , chorou , falou: – Dodói ai, ó lá dodói. Brigava muito com o chão, assoprava e dava beijo no braço pra ‘sarar’ o próprio dodói. rsrs

Na quinta feira ela não quis almoçar e tava espirrando bastante, mas continuava brincando normalmente então não desconfiei de nada. Enquanto estávamos almoçando ela pediu pra ‘mimir’ e eu coloquei.

À tarde a vovó foi acordar a pequena e viu que ela tava meio quente, medimos a temperatura e: 38.1!

Ok, nada de pânico, vamos controlando a temperatura não precisa dar remédio ainda, afinal ela ainda estava ativa e brincando apesar de não querer mamar de novo.

Fomos deixar a vovó na casa da Bisa e de repente, mas de repente MESMO ela desabou, ficou mole, olho brilhando, deitou no sofá e lá ficou por um bom tempo, o que geralmente não rola, fui medir a temperatura de novo: 38.8. Vamos começar a nos preocupar?

Liguei pro marido e pedi pra ele levar umas coisas pra fazer uma sopa reforçada pra ela e também uma água de coco pra hidratar.

Chegando em casa ela já deitou no sofá de novo e ficou ali, toda amoada, quietinha,sem reação, medi a temperatura mais uma vez e: 38.1. Hum, está abaixando, viva!

Marido chegou e fui preparar a comida enquanto o papai cuidava da pequena, terminei tudo e ela comeu um pratão de sopa! Coração de mãe foi ficando mais tranquilo…

Na sexta iríamos sair de manhã cedo e encontrar a vovó de novo e depois levá-la pra rodoviária pra ir embora. Acordamos cedinho e de repente escuto um choro de dor e o marido vindo em direção a mim dizendo: Maria Clara queimou a mão na água quente.

A febre volta, ela chora sem parar e eu surtando de nervoso.

Ela ficava: – Ai, dodói (e mostrava  a mão e o cotovelo – um machucado em cada braço). Era só lembrar da mão que ela berrava, também não era pra menos né?!

Bom, conseguimos sair de casa, mas fui com a MC no banco de trás do carro e ela dando a mãozinha pra eu assoprar, coisa fofa!

Encontramos a vovó e logo a delicinha esqueceu da mão ardendo, mas não esquecia do dodói do braço, porque toda hora ela falava: – dodói ó lá! E dava um beijo pra sarar.

Quando fomos levar a vovó na rodoviária ela falou tchau, mas ficou triste e ficava com o celular na mão falando: vovó, vovóó!

Chegando em casa ela queria muito dormir então fui dar um banho e quando tirei a MC ela saiu correndo pelada , eu avisei que não era pra correr, fui atrás dela ela saiu correndo ainda mais e PLOFT caiu no chão. Tenso! Mas não machucou, só assustou mesmo.

Bom, o resumo do feriado ate agora: febre que vai e volta, mas não passa dos 38.5 – ainda bem!- um machucado no cotovelo que por sinal é o maior dodói (em tamanho, não gravidade) dela ate hoje, um tombo pelada e uma mão ardendo.

Sou uma ‘ótima’ mãe ou a Maria Clara precisa ser benzida NOW!?

E por ai como está sendo o final de semana?

Espero que até domingo as coisas tenham melhorado por aqui e eu consiga levar a pequena pra nadar e passear com o papai!

Torçam por nós.

Beijos

O dodói.

O que eu quero deixar pra você?

Sempre penso na importância da educação, nos exemplos, e no ‘como’ ensinar os valores que eu acredito pra minha filha.

Logico é indiscutível que filhos aprendem mais, se não somente, com exemplos, vendo os pais, a relação de cumplicidade e respeito vem daí e isso eu não tenho duvidas.

Mas e o resto? Aqueles valores impressos pela sociedade, a ditadura do culto ao corpo, os seres cada vez menos críticos e cada vez mais alienados a acreditar nas coisas sem buscar se quer uma fonte confiável.

Veja pelos virais da internet que espalham coisas sem sentido desde golpes ate avisos de ‘segurança’ que não passam de balela, fatos não comprovados etc.

E como lidar com crianças ou mães, sei lá, que fazem da beleza um martírio? Um ritual maluco pra ser melhor e mais bonita que as outas. Sim, porque você só será aceita na sociedade se for bonita, magra e rica. E se você por acaso tentar mudar o sistema, for contra o que a televisão fala ou simplesmente ousar pensar e/ou refletir: BÉÉÉ – aviso sonoro – você será automaticamente banida da rodinha cool da escola.

Eu penso muito e cada vez mais me preocupo com o futuro que quero deixar pra Maria Clara.

Quero passar pra ela tudo que sei e que acho correto, mas não quero podar as asas dela, quero conseguir fazer ela pensar e dosar as coisas, ver que ela pode fazer alguma coisa diferente do que ensinei se isso a fizer melhor e mais feliz. Mas ao mesmo tempo não quero ser escrava disso, sabe, ter que medir tantas palavras por “prevenir terapia” no futuro para ela. É, porque hoje o que mais se diz é isso: “- se você não der atenção pro seu filho ele vai ter que frequentar o analista daqui alguns anos” ou então “- Se você criar ela tão independente ela vai ser mal agradecida e vai fugir de casa” ou pior “- Ah, mas se você bater nela vai presa e se não bater ela faz de você um capacho”. Um bando de gente querendo acertar mas acima de tudo com medo de errar, é um nó tão grande que eu acho que os analistas e psicólogos, terapeutas e afins vão dominar o mundo, serio! Do jeito q a coisa anda…

Agora me diz como lidar com isso?

São muitas opiniões muitos pitacos e pouca ajuda. Alias, ainda bem, porque quero me orgulhar de ter feito uma empreitada legal com ela, me orgulhar da educação que vou dar a ela e mais do que isso, quero que minha filha também se orgulhe disso e que tenha o desejo de passar adiante a educação e os valores.

Se eu vou me orgulhar só o futuro vai me responder. Só quando eu voltar aqui e ler tudo isso, é eu espero que goste do resultado, vamos torcer! Mas por via das duvidas é bom fazer uma poupança, nunca se sabe quando vamos precisar de um analista. Rsrs

Acho que ensinar os filhos a pensar, a ser gentil, se colocar no lugar do outro, a generosidade, lealdade, etc. tudo isso é tão relativo, complexo e divertido… Me inspira e eu penso, penso e minha cabeça quase da um nó!

Fiz um acordo com ela e acho que não vou pensar muito, apenas mostrar e eu espero que esse resultado seja bom, por que falar de mais é muito chato e ela não vai absorver nada.

Mas como sou teimosa fiz uma lista, pra variar, de alguns pontos importantes que eu desejo conseguir realizar na educação da Maria Clara:

Quero que você, minha filha, tenha algumas coisas bem claras para si:

Saiba tomar as suas atitudes com calma, paciência e amor.

Pense antes de falar e não fale sem pensar nas consequências.

Tudo que fizer vai ter uma consequência, seja boa ou ruim, mas sempre tem! Independente de sua escolha arque com os resultados dela!

Voe alto, mas não esqueça suas raízes, e volte quando quiser.

Nunca se esqueça de onde veio mesmo que isso seja muito distante do que você se tornará no futuro.

Lembre-se que sempre existe o ‘outro lado da história’, não veja só o que te favorece ou o que te aborreceu. As pessoas também têm problema, tanto quanto você!

Leve a vida da forma mais tranquila possível, não exagere e nem torne as coisas mais difíceis do que elas precisam ser.

E nunca esqueça do amor que existe em você!

Mamãe tenta regar todos os dias a semente do amor no seu coração! Cuide dela e não a deixe morrer.

E lembre-se eu sempre estarei com você.

Com amor, mamãe.

17 meses, 16 dentes e a primeira febre!

Pois é a Maria Clara nunca tinha tido febre ate alguns dias atrás. Não foi uma febre assustadora de 40º mas foi febrinha…37.6 , pra quem nunca teve um bebe com febre em casa bastou esses 37 pra ficar com o coração na mão.

Passou muita coisa pela minha cabeça: será que ela pegou alguma coisa no cinema? ( fomos no CineMaterna pela primeira vez sábado e ela fez amigas, ficamos em lugar fechado e eu pensei que isso poderia ter influenciado ela ficar dodói), poderia ser insolação também porque no domingo fizemos um passeio muito delicia mas estava um sol de rachar coquinho! Ou então a resposta mais obvia pra toda mae de bebe meio banguela meio dentuça: mais dentes nascendo.

Béééé – errado! Nenhuma das anteriores é São Pedro castigando mesmo. Tempo seco atacando geral!

E não foi só a febre, com ela veio também nariz congestionado, tosse de leve, falta de apetite e desespero materno tomando conta do ser humano que vos fala.

Mas mesmo com tudo isso a princesa não parou de brincar e continuou dormindo bem de noite, ela não ficou amoada, quietinha, acabada num canto, ela corre, brinca e aos poucos esta voltando ao normal, mas por infelicidade do destino agora é a mamãe que está dodói. E tudo por causa do tempo seco!

Ontem de manhã eu dei gemada pra ela e adivinhem.. ela amou, tomou tudinho e ainda comeu bem uma canja que fiz pro almoço. Assim ela vai ficando mais forte e se recuperando bem 🙂

Hoje vamos ao medico , pois é só tinha horário pra hoje, isso porque é convenio, imagina se fosse publico, iriam atender a menina so na próxima febre, um horror.

Mas apesar da demora na consulta não ocorreu nada mais grave nem evolução no quadro dela, acho que é por causa do tempo mesmo que esta acabando com todo mundo.

Haja pano molhado, vick vaporub, umidificador, toalha na janela e todas as outras receitas de vó pra amenizar isso tudo.

Movimento volta a chover – ativado!

Domingo de sol: insolação?

Novas aventuras

Maria Clara esta cheia de si, domingo ela resolveu dar um presentão pro pai dela. Fomos pintar o muro da minha vó porque ela já tinha falado com um monte de pintor e ninguém aparecia, um saco. Ai fui eu e o marido pintar o muro, imagine. Estávamos preparando almoço, muro e a tinta, éramos três pessoas olhando pra um bebe “tá tudo certo ela não vai sair daqui, esta vendo desenho toda bonitinha”. Aham, doce ilusão, eis que olho pra trás como numa fração de segundos, juro! Ela está lá jogando tinta pra tudo que é lado. Jogou no chão  e manchou, no cabelo que deu o que fazer pra tirar, na roupa, tênis novo, enfim, uma zona!”Feliz dia dos pais, papai. Com amor, a pentelha

Passado o stress fomos dar almoço pro neném, minha avó fez carne de panela que só ela sabe fazer, muito gostoso, na verdade esse foi o trato “vó nos vamos pintar seu muro, mas eu quero almoço gostoso” que coisa feia Tauana! Não pode fazer isso com a vovó.

Bom, a MC é meio… Sistemática. Ela come muito bem, mas o que ela quer. Ela não gosta de carne então eu tenho q dar um pedaço maiorzinho pra ela mastigar e cuspir depois de 35 segundos ou colocar só o caldinho. Pois é, acho que minha comida que é ruim mesmo porque para minha grata surpresa ela comeu carne no domingo. Minha vó colocou no prato e eu certa de que ela não comeria não dei com muita esperança, mas ela comeu, e gostou! Abria a boca, fazia “aaa” pedia mais. Coisa linda da mamãe!

Pois é, ela é uma fofa, não da trabalho, não é chorona, mas como eu já disse varias vezes ela é meio sistemática! Não dorme fora de casa a não ser que tenha um berço. Nós acostumamos ela a dormir sozinha desde cedo então ela detesta dormir no colo, na cama ( porque ela pula, pula, pula e…cai), no carrinho então nem se fala. Enfim, quando a gente sai com ela dificilmente esse docinho irá dormir, o que a deixa um tanto quanto irritada e a mamãe também porque não consigo me concentrar em nada direito.

Na maior parte das vezes ela capota assim que senta na cadeirinha do carro, acho que da próxima vez eu vou deixar ela dormir lá mesmo (mãe louca, oi?)

Mudando de assunto; já fazia um tempo que eu queria cortar o cabelo dela, que ela quase não tem. Além de ser fininho ela tem pouco cabelo, mas eu queria dar um corte pra dar força, sei lá. Mas eu confesso que não tinha coragem de pagar 20 reais num corte pra um bebe, serio ela nem cabelo tem gente, pra que tudo isso? Bom fui eu mesma me arriscar a cortar e… Deu merda, claro! Fui cortar a franja dela, ela se mexeu e cortei de mais ela ficou sem franja tadinha! Pelo menos o comprimento ficou lindo, aquela nuca maravilhosa aparecendo, tipo um projeto de chanel, muito fofa!

O bom é que ela sempre teve pouco cabelo então não da pra notar muito a falha que eu deixei e nem com franja curtinha ela fica feia. Coisa linda da mamãe!

Próximas aventuras, oi!